5 segredos para escolher um parceiro de TI: o que é realmente importante para os negócios?

No mundo empresarial atual, escolher o parceiro de TI certo pode ser fundamental para o sucesso de uma empresa. É importante para os gestores que os seus parceiros de TI sejam confiáveis, profissionais e respondam às chamadas atempadamente. Neste artigo, veremos os 5 principais critérios aos quais você deve prestar atenção ao escolher um parceiro de TI.

1. Acesso rápido ao suporte de TI (seja em cima da hora)

O acesso rápido ao suporte de TI é mais do que apenas uma conveniência: é uma parte essencial da gestão de um negócio bem-sucedido. Em muitos setores de mercado, a velocidade de resposta do suporte de TI pode afetar diretamente a reputação da empresa, o volume de negócios e a confiança do cliente.

Por que é tão importante?

  1. Minimizando o tempo de inatividade:Quer você trabalhe com comércio eletrônico, finanças ou manufatura, cada hora de inatividade do sistema pode custar dinheiro. No caso de uma loja online, isto significa perda de vendas; no setor bancário, isto significa perda de confiança do cliente.
  2. Fidelização de clientes:Os clientes esperam que seu serviço esteja disponível o tempo todo. Longas esperas ou problemas frequentes podem aumentar a rotatividade de clientes.
  3. Desempenho do funcionário:Se seus sistemas não funcionarem, sua equipe também não poderá trabalhar. Isso leva à perda de produtividade e ao aumento de custos.

Como saber se o seu potencial parceiro de TI oferece acesso rápido ao suporte?

  • Tempo de reação: Verifique com seu parceiro em potencial qual é o tempo de resposta padrão para consultas. Boas empresas oferecem garantias de velocidade de resposta.
  • Disponibilidade de canais de comunicação: É importante que o parceiro de TI esteja acessível através de diferentes canais – telefone, e-mail, chat, sistemas de tickets.
  • Disponibilidade de suporte 24 horas por dia, 7 dias por semana: Idealmente, seu parceiro de TI deve fornecer suporte XNUMX horas por dia, XNUMX dias por semana, especialmente se sua empresa opera globalmente.
  • Feedback de outros clientes: Tente obter feedback dos clientes atuais ou anteriores do seu parceiro sobre a rapidez e eficácia com que a empresa responde aos problemas.

Exemplo: Imagine uma companhia aérea cujo sistema de reserva de passagens travou. Cada minuto de inatividade neste caso pode levar à perda de milhares de reservas, o que em termos monetários pode traduzir-se em enormes perdas. Essas empresas precisam de acesso rápido ao suporte de TI para minimizar perdas e manter a confiança dos clientes.

2. Habilidades interpessoais (capacidade de comunicação com um cliente)

O conhecimento técnico dos profissionais de TI é certamente importante, mas as soft skills, ou soft skills, estão se tornando cada vez mais valiosas no dinâmico mundo dos negócios. No contexto das parcerias de TI, a capacidade de comunicar eficazmente com o cliente pode ser um factor chave para uma cooperação bem sucedida.

Por que é tão importante?

  1. Entendendo as necessidades do cliente:Profissionais de TI com fortes habilidades interpessoais entendem melhor as necessidades de seus clientes e podem encontrar mais rapidamente soluções que atendam a essas necessidades.
  2. Uma ponte entre os mundos técnico e empresarial:Os profissionais de TI são frequentemente solicitados a explicar conceitos técnicos complexos para pessoas não técnicas. Boas habilidades de comunicação permitem que você faça isso de forma clara e acessível.
  3. Conflito de gestão:Em qualquer parceria comercial podem surgir mal-entendidos ou divergências. Especialistas com soft skills desenvolvidas lidam melhor com situações de conflito, encontrando formas construtivas de resolvê-las.

Como saber se o seu potencial parceiro de TI possui as habilidades interpessoais necessárias?

  • Feedback dos clientes: Avaliações e recomendações de clientes anteriores e atuais podem fornecer informações sobre as habilidades de comunicação de uma empresa de TI.
  • Comunicação pessoal: Antes de iniciar a cooperação, converse com os representantes da empresa. Isso o ajudará a avaliar o quão atentos eles estão às suas solicitações e com que clareza podem transmitir informações a você.
  • Casos e apresentações: Assistir a apresentações ou analisar estudos de caso realizados por uma empresa pode dar uma ideia de quão capazes elas são de apresentar informações de forma simples e clara.

Exemplo: Digamos que você seja o chefe de uma empresa e enfrente um problema de segurança de dados. Um técnico com boas competências interpessoais não só será capaz de resolver rapidamente o problema, mas também explicar-lhe porque está a acontecer e sugerir formas de prevenir situações semelhantes no futuro, utilizando uma linguagem clara e não técnica.

3. Profissionalismo (olham para ações e resultados reais. Certificados não são importantes)

Certificados e licenças podem fornecer algumas informações sobre as qualificações de um especialista ou empresa. Porém, na prática, o profissionalismo muitas vezes é determinado não por pedaços de papel, mas por ações reais, resultados e experiência de trabalho.

Por que é tão importante?

  1. Experiência prática:O trabalho real com projetos e tarefas específicas em diferentes condições proporciona muito mais compreensão e habilidades do que cursos teóricos.
  2. Adaptabilidade:Os profissionais orientados para a prática são muitas vezes mais flexíveis e adaptáveis ​​às mudanças de condições ou a problemas inesperados.
  3. Centralização no cliente:Resultados reais geralmente significam focar nas necessidades e interesses do cliente, e não apenas no cumprimento de requisitos formais.

Como determinar o profissionalismo do seu potencial parceiro de TI?

  • Portfólio: Revise os projetos concluídos da empresa. Avalie sua complexidade, escala e benefício real para os clientes.
  • Críticas e recomendações: O feedback de clientes anteriores e atuais pode fornecer informações sobre a qualidade do trabalho e o tratamento do cliente.
  • Habilidades de comunicação: O profissionalismo também se manifesta na capacidade de uma empresa ou especialista se comunicar de forma eficaz com o cliente, compreender suas necessidades e oferecer as melhores soluções.

Exemplo: Digamos que sua empresa precise criar um sistema CRM complexo. Uma empresa de desenvolvimento com certificados brilhantes pode prometer uma solução rápida e de alta qualidade. No entanto, outra empresa que não tenha papéis tão brilhantes, mas que tenha experiência na criação e implementação bem sucedida de sistemas semelhantes para negócios semelhantes, provavelmente acabará por ser um parceiro mais confiável e compreensivo.

4. Recomendação pessoal como garantia de confiança

No mundo dos negócios, especialmente na área de TI, a reputação desempenha um papel fundamental. Recomendações pessoais de colegas, parceiros ou outros empreendedores podem ser um fator decisivo na escolha de um parceiro de TI.

Por que é tão importante?

  1. Experiência comprovada:Quando um determinado especialista ou empresa lhe é recomendado, significa que alguém já trabalhou com ele com sucesso e está satisfeito com os resultados.
  2. Redução de risco:Ao trabalhar com um parceiro recomendado, você reduz o risco de enfrentar falta de profissionalismo ou desonestidade.
  3. Rapidez na tomada de decisão:Com uma recomendação confiável, o processo de seleção de um parceiro de TI pode levar muito menos tempo do que com uma abordagem tradicional de pesquisa e avaliação.

Como usar recomendações pessoais ao escolher um parceiro de TI?

  • Pergunte aos parceiros de negócios: Entre em contato com sua rede de contatos. Talvez seus colegas ou parceiros já tenham encontrado problemas semelhantes e possam recomendar especialistas de TI confiáveis.
  • Avalie o contexto da recomendação: Especifique sob quais condições e por quanto tempo o recomendador colaborou com o parceiro de TI. Isso ajudará você a entender o quão relevante a recomendação é para sua situação.
  • Use redes profissionais: Plataformas como LinkedIn, hh.ru geralmente contêm avaliações e recomendações que podem ser úteis na escolha de um parceiro.

Exemplo: Imagine que você está procurando uma empresa para desenvolver um aplicativo mobile. Você pode passar semanas analisando o mercado e estudando os portfólios de diferentes desenvolvedores. No entanto, se o seu parceiro de negócios próximo recomendar uma empresa com a qual colaborou com sucesso em um projeto semelhante, isso simplificará e agilizará muito a sua escolha.

5. Relatórios transparentes e compreensíveis

Um dos principais aspectos da cooperação eficaz entre os executivos da empresa e os seus parceiros de TI é a clareza e a transparência dos relatórios. Vamos descobrir por que relatórios transparentes e compreensíveis são tão importantes e como deveriam ser.

Por que é tão importante?

  1. Controle de projeto:Os relatórios permitem que os gerentes monitorem o andamento de um projeto, monitorem seus marcos e garantam que tudo está indo conforme o planejado.
  2. Compreendendo os custos:Relatórios claros fornecem uma imagem clara do rumo dos investimentos, ajudando você a tomar decisões financeiras informadas.
  3. Gestão de riscos:Se surgirem problemas, relatórios transparentes permitem identificar rapidamente as causas de atrasos ou problemas e tomar medidas corretivas.

O que inclui um relatório eficaz?

  • Relatórios regulares: Informações constantes sobre o andamento dos trabalhos, por exemplo, relatórios semanais ou mensais.
  • Detalhe: Cada relatório deve conter informações sobre o trabalho realizado, tempo gasto, recursos e quaisquer dificuldades encontradas ou alterações no plano.
  • Gráficos e diagramas: A visualização de dados torna os relatórios mais compreensíveis e visuais, facilitando a percepção de uma grande quantidade de informações.
  • Feedback construtivo: Os relatórios devem focar não apenas nos sucessos, mas também nos problemas, sugerindo formas de resolvê-los.

Exemplo: Digamos que sua empresa encomendou o desenvolvimento de um novo sistema de TI. Em vez de esperar até o final do projeto e torcer para que tudo corra bem, você recebe relatórios regulares com etapas de trabalho claramente definidas, tempo gasto em cada tarefa e uma análise de possíveis riscos. Isto não só fortalece a confiança no parceiro de TI, mas também permite que você, como cliente, esteja ciente de todos os detalhes do projeto e, se necessário, ajuste-o.

Conclusão

A escolha do parceiro de TI certo requer uma análise cuidadosa. Os critérios fornecidos ajudarão os gestores a fazer uma escolha criteriosa e correta, garantindo a máxima eficiência e confiabilidade do suporte de TI à sua empresa.

Assine as novidades!

Nós não enviamos spam! Leia nosso política de Privacidadedescobrir mais.

Deixe um comentário

O produto foi adicionado ao carrinho.
0 itens - 0,00 
chat aberto
1
Posso ajudar?
Escaneie o código
Olá 👋
Como posso ajudá-lo?
Este não é um chatbot! As pessoas respondem aqui, então nem sempre instantaneamente 😳
Usamos cookies para oferecer a melhor experiência em nosso site. Ao continuar a usar este site, você concorda com o uso de cookies.
Aceitar
Recusar
Política de Privacidade