Regulamento Nº 1-1 "Servidor Virtual" (VPS)

1. Disposições gerais

1.1. A Contratada atua com base e de acordo com o Estatuto da pessoa jurídica.

1.2. A Contratada presta serviços ao Cliente, que celebrou um Contrato de Prestação de Serviços com a Contratada. O serviço é prestado com base no Pedido apresentado pelo Cliente.

1.3. Todas as informações fornecidas pelo Cliente ao concluir um contrato com a Contratada devem ser confiáveis. Se o Cliente fornecer informações falsas, a Contratada tem o direito de recusar o Cliente a fornecer serviços. O Contratante, em caso de dúvida sobre a fiabilidade dos dados fornecidos pelo Cliente, tem o direito de solicitar informações adicionais e (ou) exigir a confirmação das informações fornecidas durante toda a vigência do contrato. O pedido é enviado ao Cliente para o endereço de contacto do seu e-mail. Se o Cliente não fornecer informações adicionais e (ou) não confirmar os dados anteriormente fornecidos no prazo de 14 (catorze) dias corridos a partir do momento em que o Contratante enviar a primeira solicitação, o Contratante tem o direito de:

1.3.1. rejeitar o pedido do Cliente para um novo serviço;
1.3.2. suspender a prestação de serviços ao Cliente (bloquear serviços de acordo com N. 8.1. deste Regulamento);
1.3.3. rejeitar o pedido do Cliente para a extensão do serviço.

Todas essas restrições podem ser removidas em até 3 (três) dias úteis a partir do momento em que o Cliente enviar as informações solicitadas. Em caso de não fornecimento das informações solicitadas no prazo de 30 (trinta) dias corridos a partir do momento em que o Contratante enviar a primeira solicitação, os serviços do Cliente poderão ser cancelados.

1.4. O Cliente e o Contratante reconhecem a força legal das notificações e mensagens enviadas pelo Contratante ao Cliente nos endereços de e-mail por ele indicados no contrato e demais documentos. Tais avisos e mensagens são equiparados a mensagens e avisos executados de forma simples por escrito enviados pela Contratada para os endereços postais do Cliente. O Contratante e o Cliente, em caso de divergência quanto aos fatos de envio, recebimento de mensagens, horário de envio e conteúdo, concordam em considerar as provas do serviço de arquivo do Contratante confiáveis ​​e definitivas para a resolução de divergências entre as pessoas indicadas.

1.5. O cliente compromete-se a cumprir os requisitos do documento "Termos de serviço”, publicado no servidor web da Contratada. O Cliente concorda que pode ser afetado pelas consequências das ações tomadas pela Contratada para prevenir as consequências negativas das atividades de terceiros que perturbem o funcionamento do sistema de prestação de serviços da Contratada. Ao mesmo tempo, o Contratante em suas ações é guiado pelas disposições do documento "Termos de Uso dos Serviços" e garante ao Cliente minimizar tais consequências negativas.

1.6. A Contratada fornece serviços ao Cliente apenas se for tecnicamente possível fornecer serviços. A Contratada não será responsável pela prestação de serviços de má qualidade relacionada a circunstâncias fora de sua área de competência, influência e controle, inclusive pela qualidade da conexão à Internet, que depende da qualidade do funcionamento de redes de outros provedores, a política de troca de tráfego entre provedores, a operação de equipamentos e software do Cliente. O Empreiteiro será responsável perante o Cliente por falha na prestação ou prestação de serviços de má qualidade apenas por culpa do Empreiteiro.

1.7. O Contratado não será responsável perante o Cliente por lucros cessantes e outras perdas indiretas incorridas pelo Cliente como resultado de falha na prestação ou prestação de serviços de má qualidade pelo Contratado. Se houver dano direto documentado sofrido pelo Cliente, o valor da responsabilidade do Contratante é determinado pelo valor do dano causado ao Cliente, mas não pode exceder o custo dos serviços prestados pelo Contratante ao Cliente durante o período de dano.

2. O procedimento para solicitar o serviço Servidor Virtual (VPS)

2.1. A ordem do serviço é realizada pelo Cliente por e-mail ou por carta em forma escrita simples para o endereço do Contratante.
2.2. Ao fazer um pedido de serviço, o Cliente escolhe de forma independente os parâmetros do serviço.
2.3. Se, após a prestação do serviço de servidor virtual (VPS), o Cliente tiver feito alterações nas configurações do sistema operacional (SO), resultando na indisponibilidade do serviço para o Cliente, o Cliente poderá solicitar o “Administrador do Sistema ” para restaurar o sistema operacional do sistema operacional ou solicitar o serviço “Snapshot Recovery” pelas tarifas atuais ou por conta própria para restaurar o funcionamento do servidor virtual.
2.4. O Cliente pode cancelar (cancelar) o pedido do serviço de servidor virtual (VPS) notificando o Contratante pelo menos 24 horas antes do início do pedido.

3. Procedimento para a prestação do serviço Servidor Virtual

3.1. O pedido é considerado pronto para execução e começa a ser executado se o Cliente tiver na conta pessoal do contrato uma quantia em dinheiro suficiente para pagar todos os serviços do pedido. Pedidos não executados em até 3 (três) dias são excluídos pela Contratada.

3.2. O serviço de servidor virtual é considerado prestado ao Cliente após os recursos do Contratante serem configurados para funcionar como o servidor virtual do Cliente de acordo com os parâmetros de serviço selecionados pelo Cliente e o Contratante enviar ao Cliente uma notificação correspondente por e-mail para os endereços indicados Pelo cliente.

3.3. Após a prestação do serviço, o Contratante envia ao Cliente um e-mail para os endereços especificados no contrato com uma mensagem com as informações necessárias para gerenciar o VPS (nomes e endereços para acesso). As senhas definidas pelo Contratante para o serviço podem ser alteradas pelo Cliente usando os meios padrão para o SO solicitado.

3.4. O Contratante notificará o Cliente do fato da prestação do serviço por e-mail para o endereço de e-mail de contato do Cliente. Se as objeções motivadas do Cliente, por ele expressas em formulário simples por escrito e enviadas por correio, não forem recebidas pela Contratada no prazo de 15 (quinze) dias corridos a partir da data de envio do e-mail acima pela Contratada, o serviço fornecido ao Cliente pela Contratada é considerado aceito pelo Cliente.

3.5. O serviço de renovação do servidor virtual é considerado fornecido ao Cliente após os recursos do Contratado serem configurados para funcionar como o servidor virtual do Cliente de acordo com os parâmetros de serviço selecionados pelo Cliente e o Contratado enviar ao Cliente uma notificação correspondente por e-mail para nos endereços especificados pelo Cliente.

3.6. O período de tempo durante o qual o Cliente pode ter interrupções no funcionamento do servidor virtual (VPS) por culpa do Contratante não pode exceder 2 (duas) horas por mês.

3.7. As encomendas para a prestação de novos serviços são executadas pela ordem em que são recebidas pelo Empreiteiro. A ordem de execução das encomendas de novos serviços pode ser alterada mediante comunicação ao Adjudicatário por e-mail antes do início da sua execução.

4. Procedimento de pagamento do serviço Servidor Virtual.

4.1. A encomenda de um serviço de servidor virtual (VPS) é o consentimento do Cliente para pagar o serviço a preços válidos no dia em que a encomenda é iniciada.

4.2. Descrição tarifas и de serviços serviços de servidor virtual (VPS) é publicado no servidor web do Contratado, o custo dos serviços do Contratado também é determinado no Contrato de Serviço.

4.3. O Contratante leva em consideração as informações sobre os pagamentos do Cliente, bem como os serviços consumidos pelo Cliente, na conta pessoal do contrato do Cliente. Os fundos transferidos pelo Cliente são considerados creditados na conta pessoal do seu acordo após os fundos terem sido recebidos na conta de liquidação do Contratante e sujeito ao Contratante receber do banco os documentos de confirmação de pagamento que identificam o pagamento.

4.4. O pagamento é feito para o mês atual antes do dia 10 do mês atual

4.5. A fatura para pagamento é formada pela Contratada após receber o pedido do Cliente para a formação de uma fatura. Tal solicitação é feita enviando uma solicitação da fatura original para o endereço de e-mail da Contratada e enviada ao Cliente por correio se o Cliente tiver um contrato com a Contratada.

4.6. O bloqueio de fundos na conta pessoal do contrato do Cliente para a renovação do serviço de servidor virtual (VPS) é feito no máximo 8 (oito) dias corridos antes do término do serviço na ausência de recusa do Cliente em renovar. A baixa de fundos da conta pessoal do contrato do Cliente para a renovação do serviço de servidor virtual (VPS) é feita no máximo 1 (um) dia corrido antes do final do serviço na ausência de recusa do Cliente em renovar .

4.7. O reembolso do saldo dos fundos não utilizados do Cliente é feito após a rescisão do contrato por transferência bancária para a conta de liquidação do Cliente em qualquer banco residente da Federação Russa. A Contratada deverá realizar as ações necessárias para a devolução, no prazo máximo de 10 (dez) dias úteis a partir da data em que o Cliente fornecer um pedido por escrito indicando os dados completos do destinatário.

4.8. Se o serviço Servidor Virtual (VPS) for cancelado antes da data de expiração, o dinheiro pago pelo Cliente pelo serviço não será devolvido.

5. Desativando o serviço de servidor virtual (VPS)

5.1. O Cliente tem o direito de desligar o serviço de servidor virtual (VPS) antes da data de expiração, enquanto o Contratante realiza um bloqueio completo do serviço de servidor virtual (VPS) de acordo com a cláusula 8.1 deste Regulamento. Quando o Cliente desativa o serviço Servidor Virtual (VPS), o período de validade do serviço não muda, os fundos não são devolvidos. O serviço é desativado pelo Cliente por e-mail para o Contratante.

6. Renovação do serviço de servidor virtual (VPS)

6.1. A inexistência de recusa do Cliente em renovar o serviço de servidor virtual (VPS) confirma o seu consentimento para a renovação e débito de fundos para a posterior prestação do serviço da conta pessoal do contrato. A baixa de fundos da conta pessoal do contrato é realizada de acordo com N. 8. deste Regulamento.

6.2. O Cliente pode se recusar a renovar o serviço de hospedagem a qualquer momento até que o dinheiro seja debitado para a renovação. A recusa de renovação é feita por e-mail ao Contratante. O Cliente pode devolver o consentimento para a prorrogação a qualquer momento, mas no prazo máximo de 30 (trinta) dias corridos a partir da data de término do serviço.

6.3. Um pedido de renovação do serviço de servidor virtual (VPS) é gerado automaticamente pelo Contratante 2 (dois) meses antes do vencimento do serviço.

6.4. O Contratante até 14 (catorze) dias corridos antes do vencimento do prazo de validade do serviço, o servidor virtual (VPS) envia uma notificação ao Cliente sobre a necessidade de renovação do serviço. A notificação é enviada por e-mail para os endereços especificados no contrato.

6.5. A extensão do serviço de servidor virtual (VPS) é realizada pelo Contratante se houver uma quantia em dinheiro na conta pessoal do acordo do Cliente suficiente para pagar a extensão do serviço e na ausência de recusa do Cliente em renovar.
Ao mesmo tempo, o Cliente concorda que o bloqueio de fundos para a renovação de outros serviços utilizados pelo Cliente, caso existam Ordens para a sua renovação, seja efetuado pela ordem em que os serviços expiram (dinheiro para um serviço que expira anteriores a , são bloqueados anteriormente). Caso o Cliente altere a ordem de execução das ordens, o bloqueio de fundos na conta pessoal do contrato é realizado na forma estabelecida pelo Cliente.

6.6. Se a validade do serviço de servidor virtual (VPS) não tiver sido estendida pelo Cliente, após o término do serviço, a Contratada bloqueará completamente o serviço de servidor virtual (VPS) de acordo com os termos N. 8.1. deste Regulamento.

6.7. Caso o Cliente prolongue o serviço de servidor virtual (VPS) em até 30 (trinta) dias corridos a partir da data de término do serviço, a Contratada remove o bloqueio do serviço em até 1 (uma) hora a partir da data de recebimento do pagamento pela extensão à conta pessoal do contrato do Cliente, desde que não haja recusa do Cliente em renovar. Nesse caso, o prazo de validade do serviço para o próximo período é calculado a partir da data de renovação do serviço.

6.8. Caso a operação do serviço de servidor virtual (VPS) não seja prorrogada pelo Cliente no prazo de 30 (trinta) dias corridos a partir da data de término do serviço, após o término do período especificado, a Contratada exclui todas as informações do Cliente postadas no os recursos da Contratada e as configurações feitas pelo Cliente ao usar os serviços de configurações de serviço.

6.9. Se os parâmetros do serviço de servidor virtual (VPS) para o próximo período não forem definidos pelo Cliente no pedido de renovação do serviço, então, em caso de renovação do serviço, o mesmo será fornecido de acordo com os parâmetros que estavam em vigor no momento da renovação. Se o Cliente tiver encomendas de renovação de vários serviços de alojamento, as encomendas são executadas pela ordem em que expiram os serviços.

7. Alterar os parâmetros do serviço de servidor virtual (VPS)

7.1. O período de validade do serviço Virtual Server (VPS) pode ser alterado somente quando o serviço for renovado. Para a alterar, o Cliente deverá, a qualquer momento antes da renovação do serviço, indicar no pedido de renovação um prazo de validade do serviço diferente para o período seguinte e enviar uma notificação ao Cliente sobre a necessidade de alteração do prazo de validade do serviço. A notificação é enviada por e-mail para os endereços especificados no contrato.

7.2. O tarifário pode ser alterado tanto durante a vigência do serviço de servidor virtual (VPS), como quando o serviço é prorrogado para o próximo período.

7.3. A alteração do tarifário durante o período de validade do serviço servidor virtual (VPS) ocorre nas seguintes condições:

7.3.1. Durante o período de validade do serviço, o tarifário só pode ser alterado para um tarifário de custo superior, enquanto o prazo de validade do serviço não se altera.

7.3.2. A alteração tarifária durante o período de validade do serviço é efetuada através da encomenda do serviço de Alteração Tarifária, que é efetuada pelo Cliente através do envio de candidatura através dos canais de comunicação ao Contratante.

7.3.3. O custo do serviço durante o mês em que ocorreu a alteração tarifária é calculado de acordo com o novo tarifário.

7.3.4. Se, ao solicitar o serviço “Mudança de Tarifário”, não houver dinheiro suficiente na conta pessoal do contrato do Cliente para pagar o serviço, o serviço não será prestado.

7.3.5. O Contratante, se necessário, após a execução do pedido, envia ao Cliente uma mensagem de e-mail com informações sobre o serviço (nomes e endereços para acesso). As senhas do serviço definidas pela Contratada podem ser alteradas pelo Cliente através do Painel de Controle.

7.3.6. As encomendas do serviço “Mudança de Tarifário” que não sejam executadas antes do final do atual período de validade do serviço de servidor virtual (VPS) são canceladas pelo Contratante.

7.3.7. Após a prestação do serviço “Mudança de Tarifário”, o Contratante define automaticamente o tarifário em vigor após a alteração no despacho de renovação do serviço de servidor virtual (VPS) para o período seguinte. O cliente pode definir um tarifário diferente no pedido de renovação do serviço de servidor virtual (VPS) de acordo com N. 7.4. deste Regulamento.

7.4. Alteração tarifária na renovação do serviço de servidor virtual (VPS) para o período seguinte

7.4.1. Para alterar o tarifário aquando da renovação do serviço de alojamento, o Cliente deverá, a qualquer momento antes da renovação do serviço, indicar no despacho de renovação do serviço um tarifário diferente para o período seguinte.

7.4.2. No caso de alteração do tarifário para um tarifário de custo superior, o Contratante, se necessário, após a execução da encomenda, envia ao Cliente uma mensagem de e-mail com informação sobre o serviço (nomes e moradas para acesso). As senhas do serviço definidas pela Contratada podem ser alteradas pelo Cliente através do Painel de Controle.

7.4.3. Em caso de alteração do tarifário para um tarifário de custo inferior, o Contratante, após a renovação do serviço de servidor virtual (VPS), compara os recursos consumidos pelo servidor virtual (VPS) do Cliente com os recursos disponibilizados pelo tarifário de menor custo escolhido pelo Cliente. Se o servidor virtual (VPS) do Cliente utilizar mais recursos do que o tarifário escolhido pelo Cliente, o Contratante notifica o Cliente sobre isso nos endereços de e-mail especificados no contrato, após o que bloqueia o servidor virtual (VPS ) do Cliente de acordo com N. 9.1. deste Regulamento. O bloqueio é retirado pelo Contratante em até 2 (duas) horas após o Cliente adequar a quantidade de recursos consumidos ao tarifário selecionado.

8. Condições especiais para a prestação do serviço de servidor virtual (VPS)

8.1. Nos casos de violação por parte do Cliente das obrigações que lhe são impostas por este Regulamento, e nos demais casos previstos no Regulamento, o Contratante tem o direito de bloquear total ou parcialmente o serviço, do qual o Cliente é notificado no e- endereços de correio especificados no contrato. Quando o serviço de servidor virtual (VPS) é bloqueado, o período de validade do serviço não muda, os fundos não são devolvidos ao Cliente. O bloqueio do serviço de servidor virtual (VPS) significa o cancelamento total ou parcial do acesso do Cliente aos serviços e recursos fornecidos ao Cliente como parte do serviço de servidor virtual (VPS).

9. Operação do software

9.1. O Contratante não garante a compatibilidade do software fornecido como parte do serviço Servidor Virtual (VPS) com software desenvolvido pelo Cliente ou por terceiros. Tal software pode ser instalado e operado pelo Cliente sem qualquer garantia do Contratado.

10. Restrições à informação distribuída pelo Cliente e ao procedimento para a sua distribuição

10.1. O cliente não tem o direito de usar um servidor virtual (VPS) com a finalidade de realizar atividades proibidas pela legislação da Federação Russa, inclusive para distribuição e publicidade de materiais pornográficos, incitação à violência, atividades extremistas, derrubada do poder, etc., bem como atividades contrárias aos interesses públicos, princípios de humanidade e moral que ofendam a dignidade humana ou os sentimentos religiosos, etc. Ao mesmo tempo, o Contratante tem o direito de avaliar de forma independente as atividades do Cliente quanto a violações da lei, inclusive nos casos em que a definição de tais ações não esteja prevista em regulamentos. Definição de material pornográfico publicado no site da Contratada.

10.2. Restrições ao ruído de informações (spam)

O cliente não tem o direito de usar um servidor virtual (VPS) com a finalidade de espalhar spam (incluindo pesquisa) ou realizar ações que contribuam para a sua propagação. Incluindo o Cliente não tem direito a realizar qualquer uma das seguintes ações:

a) envio em massa de mensagens não previamente acordadas com os destinatários via e-mail e outros meios de troca de informações pessoais; correspondência em massa significa envio de correspondência para vários destinatários e correspondência múltipla para um destinatário;

b) distribuição de correio eletrónico e outras mensagens de caráter publicitário, comercial ou de campanha, bem como de cartas que contenham informações contrárias ao interesse público, aos princípios da humanidade e da moralidade (nomeadamente, palavras obscenas, apelos à violência, atividades extremistas, derrubada de autoridades, apelos de natureza desumana, insultos à dignidade humana ou sentimentos religiosos, etc.);

c) distribuição de bancos de dados de endereços de e-mail ou outros serviços de entrega de mensagens (a menos que os proprietários de todos os endereços incluídos em tal banco de dados tenham concordado expressamente com a inclusão de endereços neste banco de dados e sua distribuição, enquanto endereços de publicação pública não podem ser considerados tal consentimento) ;

d) distribuição de software para a execução técnica das ações descritas nas alíneas (a, b, c) deste parágrafo;

10.3. Após a ocorrência de certos pontos 11.1., 11.2. eventos, a Contratada tem o direito, de acordo com N. 9.1. deste Regulamento, bloquear o funcionamento do servidor virtual (VPS) do Cliente, notificando o Cliente uma vez por e-mail. O funcionamento do servidor virtual (VPS) poderá ser retomado após o Cliente eliminar as causas da violação e entrar em contato com a Contratada por e-mail.

10.4. No caso de uma violação óbvia, do ponto de vista da Contratada, pelo Cliente da legislação da Federação Russa, a prestação de serviços a ele poderá ser suspensa sem aviso prévio da Contratada.

11. Garantir a segurança da informação e integridade dos dados

11.1. O Contratante tem o direito de tomar as medidas de segurança necessárias para impedir o acesso não autorizado às suas informações, recursos de computação e rede, a fim de proteger as informações do Cliente.

11.2. A Contratada fornece uma cópia de backup das informações do Cliente localizadas nas instalações da Contratada, com exceção das informações colocadas nas caixas de correio do Cliente, a fim de restaurá-las em caso de perda.

11.3. Recuperação das informações do Cliente em caso de perda:

11.3.1. Em caso de perda por culpa da Contratada das informações do Cliente, para as quais a Contratada fornece backup, a Contratada restaura as informações perdidas em até 12 (doze) horas a partir do momento em que a Contratada descobre tal perda de informação .

11.3.2. Em caso de perda por culpa do Cliente das informações do Cliente, para as quais o Contratante fornece backup, o Contratante restaura as informações perdidas em 48 horas a partir do momento em que o Cliente entra em contato com o Contratante por e-mail, desde que o Cliente tenha contatado a Contratada no prazo de 7 (sete) dias corridos a partir da data da perda de informações, incluindo o dia da perda.

11.4. Ao utilizar um servidor virtual (VPS), o cliente não tem direito a realizar ações que possam implicar:

a) violação do correto funcionamento de equipamentos e redes que não pertençam ao Cliente;
b) acesso não autorizado a recursos de informação, computação e rede que não pertençam ao Cliente;
c) imposição ou ameaça de infligir prejuízos a quaisquer usuários da Internet;
d) enganar terceiros quanto à origem da informação (remetente de mensagens de qualquer natureza, programas, solicitações);
e) destruição ou modificação de software ou dados que não pertençam ao Cliente sem o consentimento dos seus proprietários;
f) digitalização de informações e recursos de informática e rede que não pertençam ao Cliente.

11.5. Na ocorrência de certos N. 12.4. eventos, a Contratada tem o direito, de acordo com N. 9.1. deste Regulamento para bloquear o funcionamento do servidor virtual (VPS) do Cliente, notificando o Cliente sobre isso uma vez por e-mail. O funcionamento do servidor virtual (VPS) poderá ser retomado após o Cliente eliminar as causas da violação e entrar em contato com a Contratada por e-mail.

11.6. O funcionamento do servidor virtual (VPS) do Cliente poderá ser suspenso pela Contratada sem aviso prévio ao Cliente nos casos que tenham causado ou possam causar, na opinião da Contratada, violação ou ameaça de interrupção do desempenho do sistema de prestação de serviços da Contratada.

Assine as novidades!

Nós não enviamos spam! Leia nosso política de Privacidadedescobrir mais.

O produto foi adicionado ao carrinho.
0 itens - 0,00 
chat aberto
1
Posso ajudar?
Escaneie o código
Olá 👋
Como posso ajudá-lo?
Este não é um chatbot! As pessoas respondem aqui, então nem sempre instantaneamente 😳
Usamos cookies para oferecer a melhor experiência em nosso site. Ao continuar a usar este site, você concorda com o uso de cookies.
Aceitar
Recusar
Política de Privacidade