Por que o DevOps é importante para todo desenvolvedor

Hoje quero falar sobre algo que nos últimos anos se tornou não apenas uma tendência da moda, mas uma necessidade para qualquer empresa de TI - DevOps. É um termo que você provavelmente já ouviu, mas o que realmente significa e por que é tão importante?

DevOps, abreviação de “Desenvolvimento” e “Operações”, não é apenas um conjunto de processos ou ferramentas, é toda uma cultura que busca unir desenvolvedores de software e especialistas em operações de TI. O objetivo desta fusão é tornar o processo de criação, teste e lançamento de software mais rápido, eficiente e flexível.

O que é DevOps?

O DevOps começou a ganhar popularidade no final dos anos 2000, quando a indústria de TI se deparou com a necessidade de acelerar o desenvolvimento e a gestão de sistemas de TI. No passado, os desenvolvedores e os especialistas em operações muitas vezes trabalhavam separadamente, o que resultava em um processo de lançamento no mercado mais lento e em um aumento de erros. O DevOps substituiu as abordagens tradicionais, oferecendo uma abordagem de trabalho mais integrada e sincronizada.

Princípios básicos de DevOps

  • Integração de desenvolvimento e operações: Desfocar as fronteiras entre as equipes que escrevem o código e aquelas que lançam e dão suporte a esse código. Isso promove melhor compreensão e colaboração entre diferentes departamentos.
  • Automação: Da automação de testes à implantação automatizada de aplicativos, o DevOps visa reduzir o trabalho manual e aumentar a eficiência.
  • Integração e Entrega Contínua (CI/CD): Essas práticas permitem que as equipes liberem atualizações de software com frequência e confiabilidade, resultando em feedback mais rápido e melhorias no produto.

Principais práticas e ferramentas de DevOps

Vamos mergulhar nas principais práticas e ferramentas que tornam o DevOps tão poderoso e relevante no mundo da TI. Essas práticas não apenas melhoram os processos de desenvolvimento, mas também levam a softwares melhores e mais confiáveis.

Integração e Entrega Contínua (CI/CD)

CI/CD é o coração do DevOps. Integração contínua (CI) significa testar e integrar automaticamente o código na ramificação principal de desenvolvimento com a maior freqüência possível. Isto ajuda a identificar e corrigir erros numa fase inicial, o que reduz significativamente os riscos durante o lançamento do produto. A entrega contínua (CD) estende a CI ao automatizar as etapas de envio de novas versões de software. Isso permite que você entregue o produto de forma rápida e eficiente aos usuários finais com o mínimo esforço da equipe.

Automação e monitoramento em todas as etapas do desenvolvimento de software

A automação é a chave para a eficiência no DevOps. Desde testes automatizados até implantação automatizada e gerenciamento de infraestrutura, tudo se resume a minimizar o esforço manual e reduzir a probabilidade de erro humano. O monitoramento em tempo real de todas as etapas de desenvolvimento e operação permite responder rapidamente aos problemas, aumentando a confiabilidade e o desempenho do sistema.

Infraestrutura como Código (IaC)

IaC trata de gerenciar e fornecer infraestrutura por meio de código, e não por meio de configuração física de hardware ou ferramentas de configuração interativas. Isso significa que em vez de gerenciar recursos manualmente – servidores, redes, armazenamento de dados – usamos scripts para criá-los e gerenciá-los automaticamente. Isso garante implantação rápida, configurações consistentes e, o mais importante, torna a infraestrutura facilmente reproduzível e escalonável.

Benefícios do DevOps para desenvolvedores

Posso dizer com segurança que o DevOps trouxe enormes benefícios ao nosso trabalho diário. Essa metodologia não só melhorou os aspectos técnicos do desenvolvimento, mas também influenciou significativamente a cultura de trabalho em TI. Vejamos os principais benefícios do DevOps para desenvolvedores.

Acelere o processo de desenvolvimento e reduza custos

Um dos principais benefícios do DevOps são ciclos de desenvolvimento mais rápidos. Graças às práticas contínuas de integração e entrega, podemos lançar atualizações e novos recursos com mais frequência e rapidez. Isso é possível porque a automação de muitos processos, desde o teste até a implantação, reduz significativamente o tempo de desenvolvimento. Como resultado, as empresas poderão economizar custos associados ao tempo e recursos de desenvolvimento.

Melhorando a qualidade e a confiabilidade do produto

DevOps ajuda a criar software melhor e mais confiável. Graças aos testes automatizados e ao monitoramento contínuo, os erros são identificados e corrigidos nas fases iniciais do desenvolvimento. Isto não só melhora a qualidade do produto final, mas também aumenta a confiança da equipe na estabilidade e confiabilidade do software que está sendo lançado.

Flexibilidade e rápida adaptação às mudanças

Em um mundo onde os requisitos de software mudam constantemente, a flexibilidade e a capacidade de adaptação rápida às novas condições são as principais qualidades de uma equipe de TI bem-sucedida. O DevOps fornece a flexibilidade necessária, permitindo que as equipes respondam de maneira fácil e rápida às mudanças nos requisitos ou nas condições do mercado. Infraestrutura como código e fluxos de trabalho automatizados tornam os sistemas fáceis de escalar e modificar para atender às necessidades atuais.

Exemplos de uso bem-sucedido de DevOps em empresas conhecidas

Como profissional de TI, sempre fui fascinado pela forma como o DevOps está transformando a forma como as empresas trabalham, desde startups até grandes corporações. Deixe-me dar alguns exemplos impressionantes que demonstram como o DevOps está ajudando empresas estabelecidas a alcançar resultados impressionantes.

Amazon

A Amazon, um dos maiores players mundiais de comércio eletrônico e tecnologias de nuvem, é um excelente exemplo do uso bem-sucedido de DevOps. Eles usam DevOps para garantir integração e entrega contínuas, permitindo-lhes implementar rapidamente novos recursos e atualizações. Com o DevOps, a Amazon pode realizar milhares de implantações por dia, mantendo alta confiabilidade e segurança de seus serviços.

Netflix

Netflix, o serviço de streaming mundialmente famoso, também usa ativamente DevOps. Eles desenvolveram e implementaram ferramentas como o Chaos Monkey que ajudam a manter a estabilidade e resiliência dos seus sistemas. Chaos Monkey desliga servidores aleatoriamente para testar a resiliência do sistema a falhas. Isso permite que a Netflix garanta alta disponibilidade de seu serviço mesmo diante de constantes mudanças e atualizações.

Google

O Google, pioneiro em muitas áreas da tecnologia, também adota ativamente o DevOps, especialmente no gerenciamento de seus vastos serviços em nuvem. Usando automação e integração/entrega contínua, o Google alcança alta velocidade no desenvolvimento e entrega de seus produtos, mantendo alta qualidade e confiabilidade.

Etsy

Etsy, um mercado online popular para itens criativos e exclusivos, também é um exemplo de DevOps usado com sucesso. Eles usam práticas DevOps para acelerar o desenvolvimento e garantir maior satisfação do cliente. Com a ajuda do DevOps, a Etsy conseguiu acelerar significativamente o tempo de lançamento de novos recursos no mercado, melhorando assim a sua competitividade.

Como começar a trabalhar utilizando a metodologia DevOps

Entrar no mundo do DevOps pode parecer uma tarefa difícil, mas com a abordagem certa, torna-se uma jornada emocionante na área de TI. Aqui estão algumas etapas para ajudá-lo a começar:

  • Treinamento básico: Comece aprendendo os principais conceitos de DevOps, incluindo automação, CI/CD, monitoramento e infraestrutura como código. Compreender esses conceitos é fundamental para um maior progresso.
  • Conhecendo as ferramentas: Aprenda ferramentas comumente usadas em DevOps, como Jenkins para CI/CD, Docker para conteinerização, Kubernetes para orquestração de contêineres e Ansible para automação.
  • Prática: Comece com projetos pequenos ou implemente práticas de DevOps em projetos em andamento. Isso pode ser automação de testes ou configuração de integração contínua.
  • Comunidade e Aprendizagem: Junte-se a comunidades DevOps, participe de conferências e webinars. Cursos de treinamento, como os oferecidos em plataformas como Coursera, Udemy ou cursos especializados em TI, também podem ser muito úteis.
  • Troca de conhecimento: Trabalhe com colegas que já tenham experiência em DevOps. Compartilhar experiências e conhecimentos ajuda a compreender melhor a aplicação prática do DevOps.

DevOps não é apenas uma tendência tecnológica, é um movimento cultural e profissional que está redefinindo a forma como desenvolvemos e oferecemos suporte a software. É importante para todo desenvolvedor, pois oferece métodos de trabalho eficientes, facilita a entrega rápida dos produtos e garante sua qualidade e confiabilidade. Além disso, o DevOps promove o crescimento na carreira, fornecendo competências exigidas no mercado de trabalho.

O DevOps continua a evoluir, integrando-se a novas tecnologias, como IA e aprendizado de máquina, para melhorar a automação e a análise.

Assine as novidades!

Nós não enviamos spam! Leia nosso política de Privacidadedescobrir mais.

Deixe um comentário

O produto foi adicionado ao carrinho.
0 itens - 0,00 
chat aberto
1
Posso ajudar?
Escaneie o código
Olá 👋
Como posso ajudá-lo?
Este não é um chatbot! As pessoas respondem aqui, então nem sempre instantaneamente 😳
Usamos cookies para oferecer a melhor experiência em nosso site. Ao continuar a usar este site, você concorda com o uso de cookies.
Aceitar
Recusar
Política de Privacidade